Já somos 35587 Pessoas +

publicidade
Retífica Scartezini
Desde 05/03/2001
Cadastre-se

para receber semanalmente uma mensagem!!!

Nome E-mail
Indique um amigo

Convide um amigo a visitar o site...

Seu nome Seu E-mail Nome do amigo E-mail
Publicidade banner cortado 190px776-logo-scartezini

Mensagens

Mãe Solteira


Olá, mamãe!

Hoje, quando o professor pediu para que escrevêssemos sobre alguém ou alguma coisa, eu resolvi escrever sobre você. Muitos filhos só fazem isso no Dia das Mães, mas eu acho que todo dia é dia das mães, já que você não deixa, um dia sequer, de ser minha mãezinha dedicada. O que eu quero dizer mesmo, é que você é muito importante para mim, e vou escrever, em poucas palavras, o que penso sobre você.

Logo que eu nasci, ainda não podia compreender porque, às vezes, você deixava cair algumas lágrimas na minha barriguinha, enquanto me enxugava depois do banho. Nem entendia porque suas irmãs e sua mãe lhe diziam palavra amargas e chamavam você de irresponsável.

Muitas vezes, você dizia que me amava e que ninguém iria tirar-me de você nem você de mim, e eu me sentia seguro por isso. Eu sabia que havia alguma coisa diferente, pois você sempre ficava sem jeito quando tinha que preencher alguma ficha com meus dados pessoais, e precisava escrever o nome do pai. Na minha ficha, esse espaço sempre ficava em branco.Eu nunca havia notado a diferença, pois você e suas irmãs também não tinham pai, mas agora eu sei que ser viúva é diferente de ser mãe solteira.

Eu só fiquei sabendo o que significava ter um pai na escola, quando meus colegas faziam cartões para entregar a esse personagem, completamente desconhecido para mim. Quando me dei conta de que não tinha um pai para me defender e me proteger, eu fiquei muito triste, afinal, meus colegas todos tinham pai, menos eu.

Mas eu não quero falar sobre pais, quero falar de você mamãe. Quero lhe agradecer por ter me deixado nascer, apesar das dificuldades que iria enfrentar e enfrentou, com muita coragem. Quero agradecer por não ter me negado seu ventre. Depois que cresci fiquei sabendo que muitas mulheres fazem isso quando abandonadas por homens fracos que não assumem a paternidade.

Quero agradecer pelas noites que você ficou acordada sobre meu berço, mantendo a morte afastada, enquanto eu queimava de febre. Desejo lhe agradecer por ter enfrentado as pessoas que lhe chamavam de irresponsável e leviana, quando você contou que eu iria nascer. Talvez elas falassem isso porque não soubessem muito bem o que significa ser leviano e irresponsável.

Quero lhe agradecer, mamãe, por todas as vezes que você correu comigo nos braços para não perder o ônibus. Agradecer por você ter renunciado a tantas coisas para pagar o dentista, o pediatra e comprar remédios para mim. Por não ter ido ao cinema para me fazer companhia. Por ter deixado de sair com seus amigos para cuidar de mim. Eu sei que não foi fácil para você, mas, acredite mãezinha, para mim isso foi muito importante.

Hoje eu já sou quase um rapaz e sei reconhecer o valor de uma mãe. Principalmente de uma mãe que enfrenta sozinha a barra de criar um filho com dignidade. Sei também que não são só as mães solteiras que se desdobram para serem mãe e pai. Há também as mães viúvas, as mães cujos maridos são ausentes ou indiferentes com relação aos filhos.

Que esta curta mensagem tenha o efeito de um abraço de ternura e gratidão a você e a todas essas heroínas anônimas que tecem, com as próprias lágrimas, um manto de luz para envolver o filho que Deus lhes coloca nos braços.

Quero lhe dizer, mamãe, que nada do que venha a acontecer apagará da minha alma, tudo o que você fez e faz por mim.


estudante_mae_solteira
www.planetamais.com.br
adamo_mon_amour

Comentários

Maravilhosa mensagem! Deveria ser publicada nos jornais de maior circulação. Assim, muitos pais e mães, muitos homens e mulheres, deixariam de lado as críticas e passariam a ver com outros olhos as mães solteiras. Passariam a dar-lhes o apoio de que tanto necessita. Igualmente, esta mensagem deveria ser lida por mais mães e pais solteiros, porque ela representa um aprendizado para todos.
Vera Lucia da Silva - 09-11-2010 - Brasília / DF
Olá, uma amiga do Rio, que também é mãe solteira me enviou esta mensagem e eu chorei em frente ao computador do trabalho. Tantas coisas me passaram a cabeça, de quando a minha filha nasceu até agora, agradeci aos céus pela solidariedade da mensagem. É verdade, a nossa sociedade é muito hipócrita, a Igreja prega contra o aborto, mas condena as mães solteiras, que bravamente resolvem salvar a vida dos seus filhos e lutam com todo seu amor para criá-los, não é fácil, e mais dificil se torna por causa da mentalidade de algumas pessoas medíocres, que ao invés de parabenizar aquelas mulheres que tiveram coragem de assumir a maternidade e a paternidade, que lutaram pelo direito da vida, sofrem com a discriminação. valeu a mensagem, Abraços e boa sorte a todas as mães do planeta
carla - 09-11-2010 - floripa / SC

Nossa ate chorei pois fui mae aos 17 anos e fui muito julgada pelos outros a unica que me apoio foi minha mae o pai do meu filho me abondonou quando ele completava 1 ano e 3 meses e eu criei com ajuda da minha mae mas hoje tenho um lindo anjo comigo que e meu filho

Jessika - 31-10-2011 - Itabirito / MG
  • Nome
  • E-mail
  • Estado
  • Cidade
  • Mensagem
  •  

Envie para um amigo

  • Nome:
  • Seu E-mail:
  • Email do seu amigo:
  •